+

20/06/2019

Implementação da BNCC

Santa Catarina e São Paulo aprovam currículos alinhados a BNCC

Apenas quatro estados ainda não aprovaram novos referenciais curriculares

Nesta terça, 18, e quarta, 19, Santa Catarina e São Paulo, respectivamente, aprovaram referenciais curriculares alinhados à Base Nacional Comum Curricular para as etapas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. Agora são 22 territórios e o DF que possuem currículos alinhados, construídos em regime de colaboração entre estado e municípios. Faltam apenas quatro estados – Amazonas, Bahia, Piauí e Rio de Janeiro – para que todas as unidades federativas do Brasil tenham seus currículos aprovados e encerrem essa primeira etapa da implementação da BNCC.

Ambos os currículos foram aprovados por unanimidade pelos respectivos conselhos estaduais de educação. De acordo com nota da secretaria estadual de SC, o novo referencial curricular será implementado nas escolas das redes estadual e municipais. Na próxima semana começam os seminários que irão qualificar 550 profissionais da educação, que serão os multiplicadores do documento nas escolas de todo o território.
A União Nacional dos Dirigentes Municipais de São Paulo fez uma nota em rede social a respeito da aprovação. Na nota, a UNDIME ressalta que o novo currículo envolveu a participação de dirigentes e técnicos educacionais de mais de 600 municípios paulistas. O processo de formação dos educadores das redes deve começar no início de agosto.
O processo de implementação das partes de Educação Infantil e Ensino Fundamental da BNCC teve início em 2018, com a (re)elaboração dos currículos das unidades federativas em regime de colaboração entre estados e municípios. Este ano, o próximo passo é a formação continuada dos educadores da rede. De acordo ccom a resolução normativa do Conselho Nacional de Educação, a BNCC deve chegar às salas de aula dessas duas etapas em 2020.
A etapa do Ensino Médio inicia este ano a (re)elaboração curricular, de acordo com as diretrizes do Novo Ensino Médio, que estabelecem a BNCC como referencial de aprendizagens comuns e obrigatórias para todos os aluno desta etapa, e itinerários formativos, que serão de escolha dos estudantes. Veja aqui como foi o evento que marcou o início dos trabalhos dos técnicos de todas as secretarias estaduais.