+

24/06/2019

Implementação da BNCC

Educação Infantil: novo documento de apoio a gestores municipais

“BNCC na Educação Infantil” traz sugestões e orientações de abordagens práticas com foco na revisão dos PPPs e formação continuada de professores

Para apoiar a implementação da parte da Educação Infantil da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o documento “BNCC na Educação Infantil” visa servir de ferramenta aos gestores municipais encarregados de fazer com que os novos currículos, alinhados à BNCC, cheguem às escolas e creches de todo país.

 Com foco na revisão dos Projetos Político Pedagógicos (PPP’s) e na formação continuada de professores, o documento traz informações, orientações, sugestões de atividades e oficinas e pode ser considerado um complemento ao Guia de Implementação da Base Nacional Comum Curricular (https://implementacaobncc.com.br/)

>>Confira aqui o documento completo e outros materiais de apoio do Movimento Pela Base para compreender e aplicar os Campos de Experiências da BNCC nos currículos, PPPs e nas práticas de sala de aula: http://bit.ly/BNCCEdInfantil

Dividido em quatro eixos, o documento apresenta:

1) As especificidades da BNCC para a Educação Infantil;

2) O papel dos municípios na elaboração de currículos alinhados a BNCC;

3) Como apoiar a revisão dos PPPs nas escolas e creches;

4) O que planejar e abordar na formação continuada.

Este material é uma realização do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (CEIPE), da Fundação Getúlio Vargas, em parceria com o Movimento pela Base Nacional Comum Curricular*, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) e a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal.

O objetivo da iniciativa é contribuir para que os novos currículos cheguem de forma efetiva a creches e pré-escolas e garantindo os direitos de aprendizagem e desenvolvimento, determinados pela BNCC, de todos os bebês e crianças.

A BNCC

BNCC define seis direitos de aprendizagem e desenvolvimento para as crianças de 0 a 5 anos e 11 meses. São eles: Conviver, Brincar, Participar, Explorar, Expressar e Conhecer-se. Além disso, propõe dois eixos estruturantes para a prática pedagógica na Educação Infantil (interações e brincadeiras) e uma organização curricular por Campos de Experiências, com objetivos de aprendizagem e desenvolvimento por faixas etárias.

As partes da Educação Infantil da BNCC e do Ensino Fundamental da BNCC foram aprovadas em dezembro de 2017, após um processo de construção democrático e participativo, que contou com contribuições de educadores, especialistas e toda a sociedade. Normatizada pelo Conselho Nacional de Educação, a BNCC passa a valer nas escolas e creches a partir de 2020. Em 2018, todos os estados firmaram regime de colaboração com os municípios para a construção dos currículos dos territórios alinhados à BNCC. Até junho de 2019, 22 territórios já contam com novos referenciais curriculares alinhados à BNCC. Este ano, o próximo passo da implementação da BNCC será a formação continuada dos professores.

*FICHA TÉCNICA: O Movimento Pela Base Nacional Comum Curricular apoiou a elaboração do material por meio do GT de Educação Infantil, que é composto pelo Instituto Singularidades, Instituto Avisa Lá, Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, FGV-Ceipe e a consultora Beatriz Ferraz.